segunda-feira, 22 de junho de 2009

Além do cérebro


O mecanismo de cognição diz respeito à capacidade de o ser humano adquirir conhecimento, ou seja, à forma como o cérebro adquire, processa, interpreta, assimila, memoriza e projeta a informação captada pelos cinco sentidos.
O processo de cognição envolve três etapas, que integradas nos tornam capazes de aprender a respeito de tudo o que acontece ao nosso redor. São elas: captação, análise e memória. Captamos as coisas por meio dos cinco sentidos; analisamos a informação captada, por meio de analogias com os padrões já memorizados (aprendizado). Depois disso, vem o armazenamento na memória.
É por meio da cognição que nos adaptamos às mudanças. A partir da aquisição de informações do meio em que vivemos, é possível nossa adaptação e, consequentemente, a auto-proteção. Nesse sentido, a finalidade da cognição é mais do que aprender. Deve ser considerada como um mecanismo essencial para a nossa sobrevivência. É através da maneira como percebemos o mundo que se determinam as possibilidades de bem-estar (ou não) em relação aos diversos aspectos da vida.
No entanto, apesar de a cognição ser uma atividade cerebral, ela não deve ser confundida com o cérebro (estrutura física). O alcance dos processos cognitivos ultrapassa os limites do cérebro e se estende para todas as demais partes do corpo humano. O vídeo seguinte mostra como o processo cognitivo se reflete no sistema imunológico:

o sistema imunológico

Há captação dos elementos estranhos ao organismo; assimilação do corpo estranho e criação de mecanismos de ataque e, por fim, a memorização da estratégia de combate ao corpo estranho. Isso tudo, numa adaptação constante.

2 comentários:

Angélica disse...

Muito bom, este blog! Amplia nossas mentes para percebemos o quão interdisciplinar é a lingüística cognitiva. Parabéns pela excelente iniciativa! Ajuda vários leigos, como eu, a entender um pouco mais sobre esse universo.
=)

Cognição e Práticas Discursivas disse...

Seja bem-vinda, Angélica, o nosso objetivo é exatamente este: articular uma discussão entre diferentes áreas do conhecimento e aproximar pessoas em torno dessa discussão. Sua participação é importantíssima para nós. Até breve, então!